quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Tempo... a Deus

O tempo é relativo tanto quanto é relativa a coisa esperada. Pode ser muito, se há angústia, pode ser pouco, se o querer é ficar, pode ser voo, se há distração, pode ser sim, pode ser não. Tempo é tempo e não se explica com tempo em tempo nenhum, nem muito menos sem tempo algum. Tempo cria, tempo come, tempo faz, tempo desfaz, tempo some, tempo consome. Tempo é, e ponto, e é o tempo que tempera, bem ou mal. Faz tempo que sei disso, do tempo, e nem sei quanto tempo faz, porque faz tempo é que sei que não sei de nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário