sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Breu

Os fogos se apagam
As luzes se reduzem às estrelas
Belas, mas insuficientes

Não se cozinha com elas
Não se vê o chão se não houver lua
E o fogo míngua
As brasas dão sinais de finitude

Voos só em baixa altitude
Voos só em baixa
Ou sem voos, parco caminhar

2 comentários:

  1. Enancantada com teus versos! Abraços!

    ResponderExcluir
  2. de anjo sem nome :Que mais queres ó alma? e que mais procuras fora de ti ? Tens tuas riquezas ,os teus deleites,a tua satisfação.......O teu amado(a),Aquele que tua alma deseja e busca ? Rejubila-te e alegra-te no teu recolhimento interior com ele ,pois o tens tão perto.

    ResponderExcluir