terça-feira, 24 de agosto de 2010

Espionagem...

O olho penetra no buraco
fecha a duras penas
nas pernas pequenas
das meninas do meu adolescer,
ah! dói ser-me NINO.

          Observar curvas (re)buscadas
          descobrir carícias caríssimas
          até então, imaginação
          tudo num buraco: fechadura
          procura por ver mais a NINA.

          Destes meandros, sei-os...
          mas então só intuía
          em busca de descoberta
          ah, totalmente descoberta
          nua em pêlo, pelo mais

E pelo menos, pelo amor
dos meus apelos
desvirginando a inocência
desnudando segredos na decência
secreta no olhar dos pequenos,

          Mas todo pequeno cresce
          e não somente padece do desejo
          abre a porta, toca, desfruta, descobre
          desfaz-se dos pudores aos bons odores
          fechadura, aí, só pra viver o gozo.

Obs.:
Arte de Tonho Oliveira, do blog 6VqCoisa e Pô-ética. A ideia nasceu a partir de um comentário meu, feito lá no blog dele, numa postagem intitulada "DÊ ixe um título para o post...", vejam lá. Deixei lá meu comentário relatando travessuras da pré-adolescência e adolescência, das espionagens em fechaduras, e daí o Tonho fez outra arte (esta aqui deste post) e me mandou a primeira estrofe do poema, daí fiz duas, ele fez mais uma, daí fiz a última. Trocamos ideias, aparramos arestas, trabalho a quatro mãos, mesmo (e tudo por e-mail) e cá está o resultado.

     Poesia: Tonho Oliveira e Ivan Bueno   
     Arte: Tonho Oliveira

34 comentários:

  1. Quatro mãos arteiras que me fizeram deliciar a imaginação de ser NINA.

    Um beijo em cada um!

    Álly.

    ResponderExcluir
  2. No buraco da fechadura um pequenino mistério, um encantamento, uma procura.

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  3. Tonho é um arteiro com a palavra visual,
    e desta travessura, no encontro das tuas, tu soube traduzir em palavras extensas.

    Novas parcerias com esta dupla são necessárias :D

    Beijos, Ivan!

    ResponderExcluir
  4. Muito legal Ivan...
    Adorei o poema e a imagem... Bom assistir assim arte de camarote!Espiando tanta inspiração!
    O poema me lembrou um conto de Clarice Linspector, acho que se chama Estatua ou o Beijo na Estatua.. enfim, também trata das descobertas mais gostosas da adolescencia!
    Parabéns para você e para o Tonho, que mais uma vez foram brilhantes!
    Beijo Duplo!!!
    Aline Morais Farias
    Blog: Periódico Subversivo
    http://alinemoraisfarias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Ah, que bacana o trabalho de vcs em conjunto, ficou show! Nada melhor do que essa interação que conseguimos com os colegas blogueiros, adoro!

    Beijos em vcs.

    ResponderExcluir
  6. E que arte mais deliciosa a quatro mãos!

    Linda a imagem
    e tão musicais os versos!

    Confissões de meninice...

    Beijo,
    Doce de Lira

    ResponderExcluir
  7. beleza de parceiros!!!! amei este lugar e o perfil de Ivan, estou mto de acordo com tudo que diz!!!! e como sempre o meu genial amigo Tonho, continua com suas genialidades, que bom que vim aqui!!!
    abraços fortes aos dois!!!

    ResponderExcluir
  8. Que fábula maravilhosa!
    Trouxeram-nos uma história fabulosa!
    Quando duas cabeças pensam, sem maldade ou indecencia, nasce a obra de arte, na mais bela eloquência!
    Boa parceria!E o meu querido TONHO, está sempre a surpreender!
    Este olhar de perto, não olhou pela fechadura...
    Beijinho terno para os dois e PARABÉNS!!!

    ResponderExcluir
  9. Parceria a quatro mãos
    cabeludas
    saudosas das primas
    tetudas

    ResponderExcluir
  10. Parabéns aos dois.Ficou genial!Quanta coisa num buraco de fechadura,heim???

    Adorei ver e te conhecer Bueno.abraços, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  11. Linda a mensagem!
    Tonho e Ivan, vossas mãos deambularam de lá pra cá e, vice-versa. Como que um diálogo refinado e resultou num poema belíssimo.

    Parabéns aos dois.

    Lumena

    ResponderExcluir
  12. MUITO BOM!

    Mestre Tonho e Ivan! Quatro mãos! Quadrigêmeas, num só pensamento.

    Precisa mais?

    Um show!

    Beijos à ambos!

    Mirzw

    ResponderExcluir
  13. Par seria como foi!

    Espio, encaro, esmero esse grande encontro.

    Beijo nos dois.

    (Repito aqui, o que disse lá)

    ResponderExcluir
  14. ...que bacana o encontro dos par'ceiros, parabéns.

    abraços
    ns

    ResponderExcluir
  15. Que belezura! Jogo de palavras? Jogo de adolescer? Mágica de ler. Lembrar de ser.

    ResponderExcluir
  16. Ser menino é padecer no paraíso
    Nesses momentos de fechadura perdemos o juízo.
    Uma parceria bem vinda.
    Talvez leve essa criação para minhas páginas...

    Muito legal!!!!

    ResponderExcluir
  17. MARAVILHA!!!
    Tiro o chapéu pra essa dupla!
    beijos aos dois,
    li

    ResponderExcluir
  18. Li lá e li aqui...belo trabalho, o seu e de Tonho. Espionei e gostei. Bj

    ResponderExcluir
  19. excepcional montagem de contra espionagem e paredes de vidro.

    ficou maravilhoso!


    ivan é poeta inventivo e sem limites para dar as palavras,

    tonhO é sempre superior no que faz.

    um beijo, em ambos.

    ResponderExcluir
  20. Ivan e Tonho, parabéns!!! Putz, ficou show!!!

    Belo trabalho!

    beijo nos dois!

    ResponderExcluir


  21. Meu par 'serão' faremos...
    pra responder aos visitantes!

    Depois quero 10% dos comentários.
    Por enquanto choveu mais na tua horta.

    Espia lá e "V" no pô ética!

    ABRAÇ UAI!

    ResponderExcluir
  22. Adorei, ficou bem interessante a colaboração!
    Abraço

    ResponderExcluir
  23. Seus guris medonhos, isso é que dá espiar em buraco de fechadura...

    Nestas horas é bom ser meNINA! ;)))


    Ficou genial, parabéns aos dois!
    Bjs

    ResponderExcluir
  24. Ivan e Tonho

    Adorei essa par(ceria), pouco séria !!!

    Mas que juntaram lembranças e memórias e escreveram a 4 mãos.... (porque cabeça de adolescente é igual para todos).

    Mais uma vez o design do Tonho é fiel a cada palavra desses momentos de espionagem

    jinhos para o tonho e para o Ivan

    ResponderExcluir
  25. Ivan,
    ficou fantástico!
    sou fã do Tonho,
    Boas energias
    Mari

    ResponderExcluir
  26. Um beijo aos dois, parabéns!!! E quantos momentos colhemos entre fechaduras, hein?

    Carmen Silvia Presotto
    www.vidraguas.com.br

    ResponderExcluir
  27. Que bonito, Ivan! Versos caríssimos!!! Adorei! Parabéns aos dois! Beijão!

    ResponderExcluir
  28. Quatro olhos em uma fechadura
    Quanta fantasia solta
    envolta pela chave da idade

    Interesante olhar...
    E o que diria a pele da menina sabendo-se cobiçada pelo restrito vazio da fechadura???

    ResponderExcluir
  29. Olá, Ivan

    E eu adoreiiii essa parceria, deu muito certo! Estão de Parabéns!!!
    Que bom que me achou no blog do Tonho, assim, puder conhecer o seu blog, que por sinal eu adorei! Muito obrigada pelo carinho lá no meu blog, viu...seja muito bem-vindo e volte sempre que quiser!
    E obrigada pelo convite para vir aqui... voltarei sempre tb!
    Mas coincidência foi sermos da mesma origem, né!?!? Bacana mesmo... ehehehe

    Beijos

    ResponderExcluir
  30. Lindo demais!
    Que estas quatro mãos se juntem mais vezes!

    bjus

    ResponderExcluir
  31. Sintonia impressionantes. Se o processo de criação tivesse ocorrido pelos canais de comunicação instantânea teria sido uma "Jam Session" literária, só que sem os desencontros de acordes deixando os "apreciados" buracos sonoros na harmonia.
    (Permitem sugestão?)

    ResponderExcluir
  32. O que "dois meninos" não aprontam, hein!!
    Fantástico o desmembrar de palavras, com sentidos inteiros saindo delas!

    Um par de parabéns!

    ResponderExcluir