quarta-feira, 2 de junho de 2010

Quem é o chefe?

De onde vêm as idéias, afinal? Da ponta dos dedos soltos ou do cerebro enclausurado no crânio apertado? Quem comanda quem? Tenho cá sérias dúvidas a respeito.

15 comentários:

  1. Acho que é da parte de nós que consegue escapar primeiro, rs.

    Gostei do pensamento.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Ivan, isso é algo que me atormeta, onde se formam os pensamentos? Busco também a resposta.

    Mas, achei lindo "da ponta dos dedos soltos..."

    Se achar a reposta, por favor, urgente, passe-a pra mim. Escrevi sobre isso em divagações matinais, no dia 12/03/2010, depois passe lá e de uma olhada.

    beijão

    ResponderExcluir
  3. Verdade Ivan... Acho que psicografamos nosso próprio espírito e nem mesmo a razão toma conhecimento real do fato ou das letras que vão tomando forma... Mistérios...rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  4. ah! boa pergunta!

    sem resposta, pego emprestada a ótima tentativa de responder feita pelo poeta pedro luis, do grupo "pedro luis e a parede"

    Transpiração

    A inspiração vem de onde?
    Pergunta pra mim alguém
    Respondo talvez de longe
    De avião, barco ou ponte
    Vem com meu bem de Belém
    Vem com você nesse trem
    Nas entrelinhas de um livro
    Da morte de um ser vivo
    Das veias de um coração
    Vem de um gesto preciso
    Vem de um amor, vem do riso
    Vem por alguma razão
    Vem pelo sim, pelo não
    Vem pelo mar gaivota
    Vem pelos bichos da mata
    Vem lá do céu, vem do chão
    Vem da medida exata
    Vem dentro da tua carta
    Vem do Azerbaijão
    Vem pela transpiração
    A inspiração vem de onde, de onde?
    A inspiração vem de onde, de onde?
    Vem da tristeza, alegria
    Do canto da cotovia
    Vem do luar do sertão
    Vem de uma noite fria
    Vem olha só quem diria
    Vem pelo raio e trovão
    No beijo dessa paixão
    A inspiração vem de onde, de onde?
    De onde?
    A inspiração vem de onde, de onde?


    um beijo.

    ResponderExcluir
  5. É, Betina,
    Ótima a postagem-comentário do Pedro Luis e sua ótima parede.
    A inspiração está por aí, para os olhos atentos ou mentes atentas ou dedos atentos ou corações atentos ou pés atentos ou mãos atentas ou ouvidos atentos, enfim, para qualquer sentido atendo captar. Adorei!
    Beijo enorme.

    ResponderExcluir
  6. Como aprendiz de escritor eu deixo que a mente comande, mesmo que o músculo do sentir seja tão proeminente! Abs amigo.

    ResponderExcluir
  7. Ivan,

    Pela sabedoria asteca....!!!!!! dizem que quem comanda tudo, mas tudo mesmo, são as vísceras.

    Mas é bom dar respostas bonitas.

    Beijos

    Mirze

    ResponderExcluir
  8. concordo com a mirze e com os astecas!

    ResponderExcluir
  9. Mirze e Gê,
    Preciso me atualizar nesses caras aí, os astecas. Ouvi dizer que eles estão "surgindo" com tudo, visceralmente falando. (rs...) Super atuais, anyway.
    Beijos pras duas.

    Rod,
    Minha preocupação, às vezes, é que a mente mente.
    Pegando um gancho no que a Mirze e a Gê falaram, se os dedos são comandados pelo coração e visceras, em geral, é mais confiável. Mas a questão está lançada.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  10. Eu também.
    Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Jefh,
    Obrigado pela visita. Volte mais, siga, comente, seja bem vindo.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  12. Ô, bota dúvida aí!
    Beijo, Renata doce.

    ResponderExcluir
  13. Depois que se começa a escrever, nada mais é certeza. Tudo passa a ser questionamento e inspiração, que brota de tudo quanto é lugar e desemboca num pedaço de papel! Belo Blog!

    ResponderExcluir